O Arquivo Público de Santa Catarina estará de portas abertas novamente a partir de segunda-feira, 24. A decisão partiu do grupo gestor da Fundação Escola de Governo ENA, que com a Reforma Administrativa passou a concentrar a gestão do Arquivo Público catarinense. O objetivo da reabertura do Arquivo, na sede atual no bairro Saco dos Limões, é deixar disponível ao público o acervo histórico de Santa Catarina.

A equipe prepara a mudança do arquivo para uma sede temporária, no bairro Capoeiras, para o próximo semestre, até que a sede definitiva, no colégio Antonieta de Barros, seja oficializada.

Acervo:

Com mais de 200 mil volumes de documentos e de todas as peças que compõem o acervo do Arquivo Público catarinense, somam-se ao patrimônio documental, um acervo cartográfico de mais de 4 mil mapas, plantas e croquis, 9 mil imagens iconográficas, 700 materiais multimeios e uma Biblioteca de Apoio que acomoda mais de 5 mil volumes bibliográficos textuais, dentre eles obras raras datadas entre 1752 e 1959.

O arquivo conta ainda com a exposição virtual “Preservando a História, Construindo a Cidadania”, desenhada em três seções, onde em cada uma, por meio de fotos e dos próprios documentos do acervo é possível acompanhar a evolução histórica da constituição do arquivo.

O Arquivo Público está atualmente localizado na Rua Duque de Caxias, n.° 261, no bairro Saco dos Limões em Florianópolis. O horário de funcionamento será das 9h às 18h.